logo

1/5/2022 13:58

Análise: Cruzeiro faz 2º tempo de almanaque; atuação e vitória no Sul dão confiança para afirmação

Análise: Cruzeiro faz 2º tempo de almanaque; atuação e vitória no Sul dão confiança para afirmação

O Cruzeiro, enfim, está no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. E está lá por uma vitória com méritos. A atuação no 2 a 0 sobre a Chapecoense, em Santa Catarina, deve servir como exemplo para o restante da temporada, para construir o resultado que todos no clube querem: a presença no grupo de acesso na 38ª rodada.



O jogo foi de ataque contra defesa desde o primeiro minuto. A Chapecoense se postou inteira na defesa, disposta a explorar contra-ataques. O Cruzeiro não deixava o adversário sair com a bola no pé e nem em velocidade, mas também falhou na produção de jogadas.

Bidu foi a principal arma do time na primeira etapa, sendo praticamente um ponta esquerda. Mas sentiu falta de companhia para tabelar, chegar ao fundo e ter mais possibilidades para encontrar os atacantes em condições de finalizar. Foi um primeiro tempo de domínio territorial, mas de pouca produção efetiva, sem chances claras.

Totalmente oposto ao segundo tempo. O Cruzeiro voltou com a mesma formação, mas produzindo muito mais, executando melhor a estratégia que já era boa no primeiro tempo. Forçou erros da Chapecoense na saída, roubou bolas no meio e fez o jogo praticamente em 50% do campo.

Queria a bola o tempo inteiro, sempre no ataque e em direção ao gol defendido por Vagner. Os zagueiros ganharam campo e lideraram essa pressão bem-feita sobre o adversário, de forma compacta. Conseguiu chances pelos lados, pelo meio e em chutes de fora da área. O goleiro da Chapecoense era o melhor em campo. Foi um verdadeiro amasso.

O Cruzeiro terminou o jogo com 23 finalizações, e a Chapecoense com 5
O desafogo saiu somente aos 37 minutos, com Geovane, e o golpe final, com Edu, aos 41, mas por vacilos na definição. A construção funcionou muito bem, e o Cruzeiro poderia ter vencido de forma muito mais tranquila. Se fica um adendo sobre o triunfo em Chapecó, é justamente a necessidade de ser mais efetivo para colocar bolas na rede.

Fora isso, o Cruzeiro fez o jogo do ano em Santa Catarina, principalmente no segundo tempo. Teve algumas boas atuações no Mineiro, mas contra adversários bem mais frágeis. Nesse sábado, foi diante de um time que inicia a Série B se colocando em condições de brigar lá em cima. Se não tem muita qualidade, demonstra qualidade coletiva. Fator que potencializa o que fez o Cruzeiro. Atuação de almanaque.

Pezzolano está remontando o time em meio a desfalques importantes e chegada de reforços. Isso exige tempo e trabalho. O Cruzeiro vai oscilar, terá jogos ruins e tropeços. Mas o importante é mostrar, ainda neste início de Série B, que o trabalho tem caminhos muito bem definidos dentro de campo.

Os 50 minutos finais em Chapecó são importantes não só para a tabela, com a chegada inédita ao G-4, mas principalmente para a confiança sobre o trabalho como um todo. Resultado e atuações que aumentam ainda mais o astral interno e externo. E em um momento importante, antes do jogo mais esperado da Série B, contra o Grêmio, e de uma decisão contra o Remo, na Copa do Brasil. O Cruzeiro inicia a semana ainda mais preparado psicologicamente do que terminou a última.



O que também dá confiança é o fato de peças e sistemas mudados conseguirem corresponderem em campo. Os três zagueiros vão evoluindo, com um caminho ainda a ser percorrido. Enquanto há jogadores em fase ruim, como Rômulo, Rafael Santos e João Paulo, outros fazem caminho oposto, como Geovane, Bidu e Neto Moura, para citar atletas das posições do trio em queda. Alento de que o grupo, tão importante na caminhada da Série B, também está em crescimento.

75 visitas - Fonte: globoesporte






VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Mineiro

Dom - 18:00 - Mineirão - Globo,Sportv
Atlético MG
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Arena do Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Fluminense
6 Grêmio
7 Palmeiras
8 Santos
9 Atletico Paranaense
10 Bragantino
11 Ceará
12 Corinthians
13 Atletico Goianiense
14 Bahia
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Vasco Da Gama
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
71 38 21 8 9 68 48 20 VEVVD
70 38 20 10 8 61 35 26 EDVDE
68 38 20 8 10 64 45 19 DEEVV
66 38 18 12 8 59 41 18 EVEDV
64 38 18 10 10 55 42 13 VEVEV
59 38 14 17 7 53 40 13 EVDVD
58 38 15 13 10 51 37 14 VDEED
54 38 14 12 12 52 51 1 EVVED
53 38 15 8 15 38 36 2 EEVDV
53 38 13 14 11 50 40 10 VEEEV
52 38 14 10 14 54 51 3 DEDVV
51 38 13 12 13 45 45 0 EDDEE
50 38 12 14 12 40 45 -5 DEDEV
44 38 12 8 18 48 59 -11 DEEVV
42 38 12 6 20 31 50 -19 VVEDD
41 38 10 11 17 34 44 -10 VVDDD
41 38 10 11 17 37 56 -19 DDDEV
37 38 9 10 19 41 63 -22 VEVED
31 38 7 10 21 31 54 -23 DDVDD
27 38 5 12 21 32 62 -30 DDDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota