logo

23/12/2019 12:51

Clube terá presidente interino, novos gestores e eleições após renúncias

Clube terá presidente interino, novos gestores e eleições após renúncias

No primeiro semestre de 2020, Cruzeiro terá presidente interino e grupo de empresários no comando (Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

O Cruzeiro começará um novo capítulo em sua história a partir de hoje (23). Depois que Wagner Pires, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata deixaram seus cargos, o clube irá oficializar a renúncia coletiva e dar seu primeiro passo em busca da reformulação. A partir de agora, a instituição terá um presidente interino, um grupo de empresários na administração e uma nova eleição a ser planejada.



A primeira mudança será a troca no organograma. Com a chapa eleita destituída, a presidência momentânea ficará com José Dalai Rocha. Presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, ele foi responsável pelo acordo de renúncia coletiva da diretoria e também será o dono da cadeira principal, pelo menos na teoria.

Na prática, um grupo de sete pessoas irá compor o conselho gestor do time, responsável pela reestruturação do Cruzeiro. Cada membro deverá cuidar de um setor. Apesar de contar com empresários e parceiros do clube, a tendência é que eles não coloquem dinheiro no clube, mas façam uma reformulação para enxugar os gastos e voltar aos trilhos.

Esse comitê terá nomes importantes que tentarão utilizar suas experiências para recuperar a força do Cruzeiro. São eles: Pedro Lourenço, mais conhecido como Pedrinho do Supermercado BH, patrocinador e mecenas do clube; Emílio Brandi, do grupo Nova Safra; Alexandre de Souza Faria, dono da corretora de seguros Multiseg; Carlos Ferreira Rocha, sócio do Frigorífico Uberaba; Jarbas Matias dos Reis, diretor da Galvão Engenharia S/A; Walter Cardinalli Júnior, advogado, e Saulo Tomaz Froes, dono da Lokamig, locadora de veículos.



Paralelo ao trabalho dos gestores, o Conselho Deliberativo terá 60 dias para convocar uma nova eleição. A ideia de Dalai Rocha é que seja formada uma chapa única e que conte com o apoio geral dos conselheiros. Além da presidência, outros cargos serão votados ainda no primeiro semestre, provavelmente no mês de maio. Se isso acontecer, a nova gestão assumirá em junho, mas ficará no comando somente até dezembro, quando terminaria o mandato de Wagner Pires.

Cruzeiro, Clube, Presidente, interino, Eleições, Renúncias

645 visitas - Fonte: UOL


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Campeonato Mineiro

Quinta - 20:30 - Mineirão - PFC
Cruzeiro
Caldense

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Arena do Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Santos
3 Palmeiras
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Corinthians
8 Internacional
9 Fortaleza EC
10 Goiás
11 Bahia
12 Atletico-MG
13 Vasco DA Gama
14 Fluminense
15 Botafogo
16 Ceará
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
90 37 28 6 3 86 33 53 EVVVV
71 37 21 8 8 56 33 23 EVDVD
71 37 20 11 6 59 32 27 EDDDV
65 37 19 8 10 62 36 26 DVDVV
63 37 18 9 10 51 32 19 VVVEV
60 37 16 12 9 37 29 8 EEVDV
56 37 14 14 9 41 32 9 EDVDV
54 37 15 9 13 42 38 4 EEDVD
50 37 14 8 15 48 48 0 VEVVE
49 37 14 7 16 43 62 -19 EVVDD
49 37 12 13 12 43 41 2 EDEVE
48 37 13 9 15 44 47 -3 EDEVV
48 37 12 12 13 38 44 -6 EEDVE
43 37 11 10 16 36 45 -9 EVVEE
42 37 13 3 21 30 44 -14 DVVDD
38 37 10 8 19 35 40 -5 DEDED
36 37 7 15 15 27 44 -17 EDDDD
32 37 8 8 21 23 56 -33 DDVDD
31 37 7 10 20 30 51 -21 VVDDV
19 37 3 10 24 18 62 -44 EDDED
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota